5 Anos Pedro

O que nos faz trabalhar, trabalhar e trabalhar todos os dias e finais de semanas, em baixo de mal tempo ou em dias lindos que gostaríamos de estar curtindo? O que nos move todos os dias fazendo o mesmo processo, mas de algumas formas diferente? O que nos faz querer mais?

A paixão pelo nosso trabalho!

Sempre tive as festas de criança como um dos eventos mais legais para se fotografar, uma evento super tranquilo onde não temos nada de padrão e nenhum cronograma. Podemos assim criar e nos divertir se freios e limites heheheh. Já havia fotografado essa família no outro aniversário do Pedro e eles me chamaram novamente, sempre fico muito feliz em receber o telefonema ou e-mail de um cliente que eu já tenha fotografado, assim temos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre essa família e conseguimos assim um registro mais uma vez lindo, com mais carinho ainda!

Mas dessa vez aconteceu algo que me deixou ao mesmo tempo feliz, triste e com um aperto enorme no peito. Nunca seio quão importante é a fotografia para um cliente até que eu realmente saiba a história por trás dela. Eu e o Rossano, pai do Pedro, começamos a conversar sobre fotografia e algumas outras coisas e em algum momento da conversa ele me mencionou: “Renan, tu sabes que tu tiraste a única foto que eu tenho dando um abraço no meu pai e ele faleceu a mais ou menos um ano.”. E ao momento que falou isso ele encheu os olhos de lagrimas, e obviamente eu também! Não sei explicar qual sentimento senti, mas aquilo me tocou de uma forma que acho que nunca senti antes.

Não quero que este post seja triste não, quero que seja de muita alegria, pois não poderia agradecer mais a essa família por terem me escolhido para fotografá-los tantas vezes e por me proporcionarem tais fotos com tamanho sentimento, mas eu não poderia de deixar de escrever essa história. De todo o meu coração e bem lá do fundo dele, MUITO OBRIGADO a toda essa família!